Olá! Bem vindo!

Meu nome é Bruno. Desejo que você encontre aqui algum texto que possa lhe oferecer ajuda e lhe trazer boas reflexões. Deus abençoe.

Se quiser conversar, desabafar, dar testemunho ou divulgar alguma pregação/mensagem; mande um e-mail para: mendeson@gmail.com

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Decifrando o natal e seus símbolos

(Foto:110808191746 copy.jpg Pertencente ao Mania Cristã forografada no Top Shopping de Nova Iguaçu -RJ)


"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." (Isaías 9.6)



Ceias, árvore, luzes pisca-pisca, Papai Noel, presentes são algumas das figuras encontradas durante as celebrações de Natal. Comumente no Brasil o Natal é comemorado a partir da meia-noite de 25 de Dezembro. Nesta época vemos muitas pessoas felizes e repletas de esperanças e palavras de otimismo uns para os outros.

Nesta mensagem iremos estudar o significado desta tradição mundial e comentar seu significado. Bem como o que representa cada símbolo. E esperamos nesta trazer ao leitor um profundo conhecimento do assunto e também ajudá-lo a ver o dia 25 de Dezembro com outro pensamento. Boa leitura!


DE ONDE VEIO A ÁRVORE DE NATAL?


A tradicional árvore de natal sempre iluminada e decorada de enfeites lindos e maravilhosos é de uma origem bem antiga. Existem muitas e muitas "origens" para a mesma. E a maioria destas teses procedem da Alemanha.Vamos então citar algumas encontradas e assim comentar.

A origem segundo Martinho Lutero
"Olhando para o céu através de uns pinheiros que cercavam a trilha, viu-o intensamente estrelado parecendo-lhe um colar de diamantes encimando a copa das árvores. Tomado pela beleza daquilo, decidiu arrancar um galho para levar para casa. Lá chegando, entusiasmado, colocou o pequeno pinheiro num vaso com terra e, chamando a esposa e os filhos, decorou-o com pequenas velas acesas afincadas nas pontas dos ramos. Arrumou em seguida papéis coloridos para enfeitá-lo mais um tanto. Era o que ele vira lá fora. Afastando-se, todos ficaram pasmos ao verem aquela árvore iluminada a quem parecia terem dado vida. Nascia assim a árvore de Natal. Queria, assim, mostrar as crianças como deveria ser o céu na noite do nascimento de Cristo."

(Fonte: Wikipédia)

MAS uma outra origem não muito comentada que particularmente é uma das melhores, é da Ashera. Antigamente algumas civilizações tinham o custume de adorar a seus deuses e atribuí-los a árvores em específico. o deus Átis como pinheiro, Júpiter como a azinheira, entre outros. Existe passagens na Bíblia Sagrada abordando o assunto que diz respeito a cultos a árvores. Um destes cultos era a deusa Ashera (também chamada Astarte, Astorete ou Asterote).

Esta mesma era uma deusa cananéia chamada também de Senhora do mar, Rainha dos Céus. Cujo filho (e também marido) era chamado de Baal. Era símbolo da fertilidade, representada por uma figura feminina nua, segurando os dois seios, numa atitude de lascívia e também representada por uma espécie de árvore esculpida.

"Já naquele tempo procurava-se justificar a idolatria relacionando-se, em textos e gravuras, o culto a Asera a um suposto retorno à Árvore da Vida. Entenda-se, porém, 'vida" nesse contexto como fertilidade, reprodução e prazer. Os troncos de árvores em que imagens dessa deusa eram esculpidas, ou suas representações em metal, preservavam parte de seus galhos para assumir a forma de "árvore da vida" nesse sentido, sexual (...) ."

(Visite esta Fonte: http://www.averdadeacimadetudo.com/natal_3.htm)


No site http://www.rosanevolpatto.trd.br/deusaasera.htm , podemos visualizar algumas imagens que irão facilitar a compreensão. As imagens mostram a deusa em forma de barro ou material similar segurando os seus seios como descrito anteriormente e também uma imagem em forma de árvore (altamente recomendável para se saber do assunto).

Agora neste mesmo site, encontramos formas de se invocar esta deusa até nós. Separamos aqui uns trechos. Mas aconselhamos extremamente que se faça uma visita ao site para comprovar sua veracidade.

"Segundo a Biblia, os antigos adoradores de Aserá incluíam ao rei sábio Salomão e outros reis bíblicos, assim como suas esposas e filhas de Jerusalém (Isto é uma triste verdade. Realmente muitos dos reis de Israel se tornaram idólatras e se desviaram de Deus. Entre muito destes reis idolátras, Acazias foi um dos que adoraram a Baal). Os profetas do antigo testamento, as vezes, os criticavam por oferecerem incenso à Rainha dos Céus . Como sabemos, esses rituais sempre eram realizados em frente à uma árvore que representava a Deusa. Era a árvore do bem e do mal, a árvore do conhecimento, a árvore da vida, enfim, a árvore Huluppu."

"Esse ritual realizado em torno da árvore, chegou aos nossos dias e hoje nós a conhecemos como a Árvore de Natal."

"A Deusa Aserá está diretamente associada com a árvore de Natal e as festas natalinas. Os melhores dias para estabelecermos conexão com Ela são: 10 e 15/02, 17/03 e 25/12. o Dia consagrado é o sábado."

"Seus símbolos são: o leão, os lírios, o salgueiro, um triângulo, uma coluna ou uma cruz."

"Ela é a Grande Mãe, associada à fertilidade e ao sexo, regente do Céu e do planeta Vênus. Conecte-se com essa Deusa poderosa, olhando para Vênus (a estrela matutina ou vespertina), faça seus pedidos, medite e, em seguida, olhe para um espelho ou para a superfície de um lago até perceber alguma imagem ou receber alguma mensagem ou intuição."

Através desta história podemos certamente acreditar que a tradição de árvores de natal tenham sido provenientes de uma deusa. Observando a sua imagem podemos tirar conclusões pessoais.

"Os filhos apanham a lenha, os pais acendem o fogo, e as mulheres amassam a farinha, para se fazerem bolos à Rainha dos Céus; e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira." (Jeremias 7:18).


FELIZ ANIVERSÁRIO JESUS CRISTO?


Ao prosseguirmos com o estudo, iremos abordar agora sobre o nascimento de Jesus Cristo em função do dia 25 de Dezembro. Será mesmo que Ele nasceu neste dia? E como descobriram o dia de seu nascimento já que a Bíblia não menciona?


"Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho." (Lucas 2,8)

Segundo o site Wikipédia temos a seguinte informação:

"A Bíblia diz que os pastores estavam nos campos cuidando das ovelhas na noite em que Jesus nasceu. O mês judaico de Kislev, correspondente aproximadamente à segunda metade de novembro e primeira metade de dezembro no calendário gregoriano era um mês frio e chuvoso. O mês seguinte é Tevet, em que ocorrem as temperaturas mais baixas do ano, com nevadas ocasionais nos planaltos. Isto é confirmado pelos profetas Esdras e Jeremias, que afirmavam não ser possível ficar de pé do lado de fora devido ao frio.

Entretanto, o evangelista Lucas (2.8) afirmava que havia pastores vivendo ao ar livre e mantendo vigias sobre os rebanhos à noite perto do local onde Jesus nasceu. Como estes fatos seriam impossíveis para um período em que seria impossível ficar de pé ao lado de fora em função do frio, logo Jesus não poderia ter nascido no dia em que o Natal é celebrado, e sim na primavera ou no verão. Por isso, a maioria dos estudiosos consideram que Jesus não nasceu dia 25 de dezembro, a menos que a passagem que narra o nascimento de Jesus tenha sido escrita em linguagem alegórica. Diga-se de passagem que visto que Jesus viveu trinta e três anos e meio e morreu entre 22 de março e 25 de abril, ele não poderia realmente ter nascido em 25 de dezembro."

Já que não foi possível Jesus nascer no dia 25 de dezembro, qual dia então ele nasceu?

Realmente não há a data correta para o seu nascimento. Os meses, segundo estudiosos foram entre abril, maio; setembro ou outubro. Devido ao fator climático que lemos anteriormente. Acreditamos que Jesus não exige que se faça comemorações do seu aniversário.

E por que o dia 25 de Dezembro?

Como para a Árvore de Natal, assim é para o dia 25 de Dezembro. Completamente cheio de versões de diversas histórias. Uma delas é as grandes festas Saturnais que eram celebradas no mês de dezembro e duravam cerca de quatro dias ou mais. A festa envolvia sacrifícios ao deus Saturno. Lembrava muito um carnaval.

No hemisfério norte da Terra ocorre um fenômeno chamado solstício. é quando o sol passa sobre a linha do Equador mas fica inclinado ao máximo. Podendo então inclinar-se tanto para o norte como para o sul. Quando para o norte, ocorre a chegada do verão. Quando para o sul, o inverno. Que as vezes pode se tornar muito rigoroso.

Esta festa de Dezembro a março (a época do frio) era em homenagem aos deuses. Porque a sua ausência era como se a vida fosse embora juntamente com ele. Daí eles clamavam por um inverno calmo e um grande retorno do sol. Durante este tempo haviam festas. Aonde acendiam fogueiras, ornamentavam as ruas com flores galhos verdes e erguiam altares nas casas. Esta tal festa era um verdadeiro culto ao sol.
Mitra, adorado como deus-sol, tinha sua comemoração entre os dias 24 e 25 de Dezembro. Sendo então Mitra e Baal conhecidos dos romanos, Aureliano, Imperador de Roma, estabeleceu no ano de 273 d.C. o dia do nascimento do sol: 25 de Dezembro. "Natalis Solis Invicti"(Nascimento do Sol Invencível).
Com esta força toda, os pagãos possuiram mais poder para combaterem o cristianismo na época. Levando inclusive, alguns custumes para dentro da igreja.
Mais tarde o Imperador Constantino, adorador do deus-sol passa a aprovar a liberdade de culto dos cristãos. Porém usou isto como pretexto para difundir suas teses dentro da igreja na época. E impôs agora a festa pagã do dia 25 como também uma festa cristã: O nascimento de Cristo.
Alguns cristãos da época não aceitaram a proposta. Mas como se imagina, suas forças não prevaleceram. E assim o dia 25 se tornou oficialmente o dia do nascimento de cristo. Mesmo dia de nascimento de Baal, Mitra, Apolo e entre outros.

PAPAI NOEL

E por fim, falaremos sobre o "bom velinho". Sua origem é dada a um arcebispo chamado Nicolau Taumaturgo. Nascido na Turquia no ano 280 d.C. Conta a lenda que este costumava ajudar anonimamente as pessoas pobres colocando sacos de moedas de ouro na chaminé das casas. Mais tarde este é canonizado. Tornando-se então como São Nicolau. Devido a rumores terem dito que Nicolau fazia muitos milagres. A partir daí sua difusão começa pela Alemanha como símbolo do natal e assim pelo mundo inteiro.

As renas e o trenó.

Esta lenda surgiu de um poema americano de um professor de literatura chamado Clemente Clark Moore. Aonde descrevia seu trenó sendo puxado por suas renas voadoras e super veloses, entre elas a rena Rudolph, a rena de nariz vermelho em forma de luz. Também em sua escrita havia o fato dele entrar nas casas e deixar presentes as crianças.

As vestes do Papai Noel

Antigamente a roupa era marron e possuia uma coroa de azevinho ou então uma mitra episcopal.
Thomas Nast, um grande cartunista da época cria uma imagem do papai noel com uma roupa verde. Até então usada, em 1886.
Em 1931, a multinacional Coca-Cola lança uma campanha publicitária aonde Papai Noel possui uma roupagem vermelha e branca (as cores do refrigerante) para anunciar o natal e incentivar o consumo da bebida. A campanha foi um tremendo sucesso que logo se tornou mundialmente padronizado a sua roupa como sendo vermelho e branco.

(fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Papai_Noel http://www.suapesquisa.com/historiadonatal.htm)


CONCLUSÃO

Merry Christmas ( Algre Cristes maesse ou Alegre missa de Cristo) ou feliz natal é ouvido na época. Para cada pessoa verdadeiramente cristã o natal não é 25 de Dezembro. Este dia deve ser entendido como costume e como cultura popular. Aonde podemos aproveitar para rever os amigos e parentes e juntos fazermos uma festa. O propósito de lembrar do nascimento de Cristo deve ser observado TODOS OS DIAS.

Não é errado participar com seus familiares das festas de fim de ano. Pelo contrário, devemos estar juntos em união e procurando a cada dia pregar a Palavra de Deus. Isto também serve para o parente ou familiar superior a nós, como pai ou mãe que deseja montar uma árvore de natal. Não iremos brigar. Mostremos a verdade. Se quiser continuar a montar, que continue. Apenas oremos para que não permaneça e que um dia seja banido da vida da pessoa.

Participe do natal com seus familiares. Mas lembre-se Jesus nasceu em sua vida. E isto foi desde o momento em que você o recebeu como seu ÚNICO Senhor e Salvador.

Até o próximo estudo!
Deus abençoe

Ajude-nos a melhorar! Comente as publicações

Mania Cristã. Nosso orgulho. Seu blog!


Um comentário:

Google disse...

Bruno gostei muito e também aprendi muito com essa leitura Obrigado e Deus te abençõe a cada dia mais

Publicidade: